"O MAL SÓ TRIUNFA QUANDO OS HOMENS DE BEM NADA FAZEM". Edmund Burke.

terça-feira, 25 de julho de 2017

HPV: esclarecendo algumas dúvidas.

Muito já se falou sobre HPV (Human Papiloma Virus) neste blog, mas muitas perguntas continuam chegando, por isso resolvi falar de forma bem sucinta sobre o assunto.

O vírus HPV costuma se manifestar através do aparecimento de verrugas, geralmente nas áreas genitais e ,como recentemente descrito neste blog, também tem infectado a região da garganta (orofaringe).

O tratamento consiste na retirada dessas verrugas, seja através de substâncias de uso tópico, aplicadas diretamente sobre a verruga, ou através da retirada cirúrgica das mesmas.

O diagnóstico do HPV é através de exame patológico (há necessidade de uma biópsia da lesão), não há exames de sangue que façam e confirmem a contaminação pelo vírus. 

A cura pela infecção é possível e geralmente espontânea, com o passar dos anos. Uma vida saudável, equilibrando bem trabalho com descanso, boa alimentação e atividade física regular ajudam nessa tarefa. Mas as lesões precisam ser eliminadas.

A vacina contra o vírus HPV, criada para proteger as meninas do câncer do colo de útero, hoje também é administrada aos meninos, preferencialmente antes do início da vida sexual, devido ao aumento de casos de câncer na orofaringe por este vírus. A vacina protege contra os 4 tipos de vírus mais relacionados ao aparecimento do câncer. Adultos também podem ser vacinados, mas se já houver a chance da contaminação pelos vírus, não haverá benefícios.

Na presença de lesões na região anal e genital, procure um médico para diagnóstico e tratamento. A vacinação pode ser feita em clínicas especializadas e geralmente requer um pedido médico.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Sexo oral e câncer.

Nem todo câncer na região oral é causado pelo sexo oral, mas quando existe essa relação, foi causada por uma Doença Sexualmente Transmissível (DST): o papiloma vírus (HPV= human papilloma virus).

O câncer da região oral pode aparecer na garganta, no palato, na faringe, nas amígdalas e na língua. Fazer sexo oral em regiões acometidas por verrugas causadas pelo HPV é a forma de contaminação. O pênis e o ânus são regiões onde as verrugas causadas pelo HPV podem ocorrer, embora o meio mais propício para o crescimento desse vírus seja a vagina. Se não há cura da doença localmente, a região pode passar por alterações celulares e nesse caso surge um câncer. O vírus tende a se instalar por onde ele entra, ou seja, se a contaminação da região oral pelo vírus foi pelo sexo oral, as manifestações da doença tendem a ser aí.

A forma de prevenção é evitar o contato com as verrugas na prática do sexo oral. Cobrir uma região possivelmente contaminada com um preservativo ou filme de PVC á a solução. Diminuir os parceiros sexuais e conversar com eles sobre sua saúde sexual também é um fator que minimiza a transmissão. Como sabemos que essa conversa nem sempre é possível ou muitas vezes é constrangedora, casais podem se beneficiar com avaliações médicas anuais, quando DSTs, como HPV, serão descartadas.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Opções para quando o tratamento oral da impotência sexual não pode mais ser administrado.

A primeira linha de tratamento para a disfunção erétil masculina hoje em dia, é a prescrição de comprimidos como Cialis (tadalafila), Levitra (vardenafila) ou Viagra (sildenafila, o mais antigo), entre outros similares. Mas nem todo homem pode fazer uso deles e mesmo aqueles que podem, 40% tendem a não responder à terapia.

E quais são as outras opções então?

1) Terapias injetáveis: são aquelas que com o auxílio de uma injeção ou aplicação intra-uretral (dentro do canal do pênis), uma substância é injetada dentro do corpo cavernoso do pênis e induz uma ereção. É necessário ter um acompanhamento médico urológico, quando o paciente é instruído a como fazer a aplicação.

2) Bombas a vácuo: são as bombas que através de sucção, com o pênis confinado dentro de um tubo comprimido na base do mesmo, leva à uma ereção por sucção e que se mantém devido à colocação de uma banda elástica na base. São os aparelhos que foram anunciados no passado, prometendo aumentos do pênis e que hoje têm única indicação para o tratamento da disfunção e recuperação erétil do pênis.

3) Próteses penianas: são colocadas através de um procedimento cirúrgico. Existem as próteses rígidas que mantêm o pênis em constante estado de rigidez, as semirrígidas (que permitem uma melhor acomodação do  pênis rígido dentro das vestimentas) e as infláveis, que através do comando de uma válvula colocada discretamente dentro da bolsa escrotal, permitem a passagem de um líquido do reservatório para as câmaras dentro do pênis e assim, levar o pênis a um estado de rigidez, simulando uma ação espontânea de ereção.

Os três procedimentos devem ser acompanhados e monitorizados por um médico urologista. Cada situação acima tem a sua indicação específica.

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Orgulho gay.

Estamos na semana da maior parada gay do mundo, realizada há anos em São Paulo. Junho é o mês de comemoração do orgulho gay. Muitos já estão alterando suas fotos nos perfis das redes sociais adicionando uma barra arco-íris e muitos heterossexuais colam em suas linhas do tempo, depoimentos em favor do combate à homofobia, aceitação e respeito aos conhecidos gays do seu mundo social.

Muitos me perguntam se tenho orgulho em ser gay e digo que tenho orgulho de fazer o que faço para que os homens gays sejam aceitos e respeitados. A frase do Edmund Burke no início deste blog foi o que definitivamente me levou a realizar algumas ações, para me fazer ser aceito e respeitado, assim como todos os homens gays: "O MAL SÓ TRIUNFA QUANDO OS HOMENS DE BEM NADA FAZEM".

Fico feliz por ter tido a oportunidade de ler a coluna do Nizan Guanaes defendendo os homens gays (clique aqui para ler). E também me alegra ler as colunas do doutor Drauzio Varella, como a que ele cita ser ignorante aquele que não aceita a homossexualidade (clique aqui e leia). E felicidade maior ainda foi ver o Primeiro Ministro de Luxemburgo, Xavier Bettel, apresentar seu Primeiro Cavalheiro na reunião da OTAN com a maior desenvoltura, sendo aceito e respeitado.

Dizem que pais fazem de tudo para que os seus filhos sobrevivam e vençam na vida. Então se olhe no espelho e imagine que o seu reflexo é o "seu filho". Faça por você tudo que estiver a seu alcance para ser aceito e respeitado, observando sempre os seus limites. 

Sou um homem que lutei contra preconceitos, tive pais que me ensinaram conceitos de caráter e honestidade, se esforçaram para me oferecer estudo da melhor qualidade, me dando apoio para que chegasse em São Paulo e vencesse numa cidade de desconhecidos. Uma família que que me apoia, que é companheira e com eles compartilho meus momentos de felicidade. Tive companheiros que foram me ensinando a sair do armário, me apresentando a novos amigos tão amados hoje em dia e me ajudando a construir uma família de acordo com a minha orientação sexual. E hoje tenho um companheiro que é a peça chave para completar esse quebra cabeça da vida, com quem construo a minha família, que sempre me recebe com um sorriso no rosto, um abraço apertado (sempre retribuído, claro) e está ali a todo momento, dividindo os bons e os maus momentos da vida.

No ambiente profissional a mesma coisa: respeito, reconhecimento e ajuda ao próximo tanto no serviço público, como na clínica privada. Com o Uroblogay acredito estar fazendo algo que ajude os homens gays, como com esse depoimento por exemplo. Quero que você, homem gay, encontre aqui resposta às suas dúvidas na área de Urologia . Homens que fazem sexo com outro homem já é tema nos maiores congressos de urologia pelo mundo

Estimulo você a se olhar no espelho, descobrir o "seu filho" e realizar o que estiver ao seu alcance para uma maior aceitação e respeito ao homem gay. Mostre que além de gay, você é um homem com boas atitudes, boas ações e bons ideais. Ajude ao próximo. Combata a homofobia com as suas armas. Hoje há leis que protegem o homem gay contra o preconceito. A mudança começa com ações que a gente pode fazer e aí vamos transformando para melhor o mundo que nos cerca.